Lençóis


Lençóis

Os lençóis bagunçados
Aromas misturados  agridoce
Pele quente, mãos eufóricas
Me  procuram  insandecidamente
Batimentos cadenciados
Respiração ofegante
Corpos em contorções
Pernas, braços, bocas e línguas
Teu cheiro de sexo no meu sexo
Sua língua na minha língua
Teus seios me trazem para perto de ti
Respiro, sussurro de maneira desenfreada
Gemidos abafados por suas mãos em minha boca
Enquanto seus dedos me adentram voraz
Minha boca sussurra por mais e mais.
Invadida, penetrada, emaranhada
Em nosso lençóis

 Beijos  picantes da Señorita Malagueta

Comentários

Bordello disse…
Dona Malagueta, adorei os poemas. Faremos uma doce e picante parceria.
Quando o blog do Bordello estiver pronto. Afinal de contas, o erótico feminino é o nosso maior interesse.

Beijos molhados.
Anônimo disse…
dj pump
Oie, Nossa sem palavras consegui visualizar os textos. =) Parabéns pelos belíssimos textos queria ter o dom que vc tem de tocar as pessoas. Beijos e sucesso sempre
Ayesk@ disse…
Saudades daqui!
Lindo poema!
Bjs doces carinhosos e um mega feriado!



Ayesk@