***Ausência de você***

 



***Ausência de você***

Porque este olhar agora?
Porque justo agora encontro seus olhos no meu?
Onde habitava calmaria, 
onde o mar já não mais quebrava nas pedras
Trazendo toda aquela paisagem
que a vida nos faz o favor de nos brindar toda manhã
Porque seu sorriso maroto, inocente ao mesmo tempo pertinente
Desconcerta-me e me conserta em fração de segundos
Sinto-me como presa deste sorriso
Destes olhos de perguntas e desta pele que acalma a minha
Mesmo sem te-la sentido
Apenas  minhas mãos  a conhecem através da retina
Que teima em olhar, olhar  e olhar
Para a imensidão desta ausência





 

Comentários

LEO disse…
Esperando assim, toda delicia, chego logo!
BJSSS
LEO