Véu da Noite







O véu da noite


Rasgado, partindo em duas


Unindo-se ao nos tocar


No leve tocar véu de seda


Véu molhado, rasgado


Manchado em gozo e lágrimas


Véu de seda!


Brinda-nos em uma taça de desejo e medo


Lua banhando esse encontro


O aroma marítimo


Invadindo juntamente com o vento


Que beija nossas peles quentes


E o véu cobrindo nossos corpos


Entrelaçados pela seda, pela sede


Matada e roubada em um beijo.

Comentários

Marcia disse…
Señorita Malagueta:

Muito romântico esse.Gostei bastante.Beijos.
Jessie disse…
Neh?!
Nem tem mais o que dizer.