Amarras

Corpo atado, feito nó de marinheiro


Laçada e presa em cais desconhecido


Onde o vento sopra e toca-me


Tortuosos são meus desejos


Desejo carnal de ser desatada


Descoberta, despudorizada!


Desejo ardendo em carne VIVA!



Destranca-me com teu membro encantado



Cheio de vigor e sem nenhum pudor



Rasga-me a pele, Fere -me

Faz -me sangrar

Eleva-me a portais carnais

Embriaga e entontece meu sexo

Me arde, me assanha

Num gozo me perverte


Besitos Calientes

Comentários

Marcia Paula disse…
Olá Señorita,vim através do Lesbosfera conhecer esse lugar apimentado. Muito bom.
eroticidades disse…
oi señorita!
vim conhecer seu blog.
bacana!!

e agradecer tb sua visita lá no Eroti-Cidades ... valeu!

xêro
;-)
Rique Loneliness disse…
Fortes palavras, provocantes, excitantes.Quebrando tabus, abrindo a mente e o corpo aos desejos mais intensos. Palavras, palavras poderosas que se corporificam em sentidos e vontades. Muito bom.